segunda-feira, 3 de abril de 2017

É isto mesmo!

Nas suas "Memórias Anotadas", editadas postumamente na passada semana, José Medeiros Ferreira descreve assim a sua relação com o mundo da blogosfera:

"(...) Trata-se de um exercício quotidiano sobre temas impessoais, as mais das vezes políticos. São oito anos de atividade constante cuja instantaneidade de publicação cria um sentimento raro do poder do autor enquanto editor universal. Essa nova forma de "edição de autor" é uma das razões do sucesso da blogosfera em que participo pelo mero prazer de comunicar o que penso sobre vários assuntos. Tenho a felicidade de me saber apreciado por espíritos estimáveis e atentos".

Bem dito!

1 comentário:

Anónimo disse...

Medeiros Ferreira era um espírito superior e de rara qualidade muitos furos acima da pose aristocrática de Gama por quem realmente não tenho nenhuma simpatia e com quem me orgulho de não ter trabalhado. Isto não é um elogio (Magritte).